Montar uma loja virtual grátis: Vale a pena? Veja vantagens e desvantagens!

loja virtual grátis
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Sumário

É comum que algumas pessoas queiram começar um site de comércio eletrônico sem fazer quase nenhum investimento. Isso porque elas apenas pensam no lucro que esse tipo de negócio pode dar. No entanto, será que montar uma loja virtual grátis vale a pena?

Em primeiro lugar, é válido ressaltar que não é possível começar uma loja virtual sem nenhum, ou seja, zero investimento.

Começar com um baixo investimento é outra história, certo? Isso porque mesmo que você não pague, por exemplo, nenhuma taxa para colocar os seus produtos à venda online, normalmente a cada venda que fizer será necessário pagar uma porcentagem – definida por cada plataforma – sobre o valor do produto vendido.

Sendo assim, não dá para considerar que você começou uma loja sem nenhum investimento, não é mesmo?

Portanto, pare de pensar se montar uma loja virtual grátis vale a pena, uma vez que um e-commerce totalmente gratuito não existe.

De qualquer forma, isso não influencia na vantagem de ter uma loja virtual hoje em dia. Afinal, com o início da era digital, praticamente todas as coisas foram transferidas para uma plataforma online, capaz de atender todas as necessidades dos consumidores.

Dessa forma, com o objetivo de ficar em sintonia com a tendência dos dias atuais, você deve sim marcar presença no ambiente virtual.

Entretanto, para ser bem sucedido, pare o quanto antes de pensar se montar uma loja virtual grátis vale a pena e comece agora mesmo a fazer investimentos para que os resultados que você tanto sonhou sejam finalmente atingidos.

Quer saber mais sobre esse assunto e entender o motivo pelo qual montar uma loja virtual grátis não vale a pena? Então acompanhe este artigo até o final.

pessoa acessando notebook para montar loja virtual grátis

Por que montar uma loja virtual grátis não vale a pena?

Lembra que anteriormente foi citado o fato de que algumas plataformas de comércio eletrônico cobram taxas em cima de cada produto vendido, apesar de serem “gratuitas”? Confira a seguir alguns exemplos:

  • LikeStore: aqui é um lugar no qual é possível fazer vendas no interior de uma Fanpage do Facebook. Nesse caso, é necessário pagar uma taxa de 2% sobre cada produto vendido, muita coisa, não é mesmo? Mas, não é só isso: também é preciso pagar a taxa do Moip, a qual é de 5,90% para cartão de crédito e 3,49% para cartão de débito, mais R$0,69 por transação.
  • Enjoei: ideal para quem quer desapegar de alguns itens que não usa mais, essa plataforma cobra, por mais absurdo que pareça, uma taxa de 20% sobre o valor do produto vendido. Além disso, também são descontados mais R$2,15, valor referente à taxa de anúncio.
  • Elo7: nesse marketplace de artesanato, uma taxa de 12% é descontada em cima do valor de cada produto vendido. A “boa notícia” aqui é que as taxas de pagamento já estão inclusas.

Sendo assim, você ainda pensa que montar uma loja virtual grátis vale a pena? Além de todas as desvantagens mostradas acima.

Também existe o problema de que pode demorar cerca de 30 dias úteis, ou seja, bem mais do que um mês, para que você, como vendedor, receba tudo aquilo que for de seu direito.

Portanto, mesmo que você escolha montar uma loja grátis, não deixe de prestar bastante atenção aos termos e condições de cada plataforma.

Mas, então, qual a melhor forma de montar uma loja virtual? Confira logo a seguir.

Como montar uma loja virtual?

Aqui estão 4 etapas simples de como montar loja virtual fazendo os investimentos necessários, é claro!

Etapa 1: Crie um plano e modelo de negócios

Além de precisar de um plano de negócios para montar uma loja física, também é necessário um para começar sua primeira loja virtual.

Sem um planejamento completo, as chances de fracasso são extremas e, na atual competição do mercado, sair despreparado é um risco que não se deve correr.

pessoa fotogrando produtos para montar loja virtual gratis

Etapa 2: Escolha seus produtos para vender online

A escolha de produtos desempenha um papel crucial na determinação da estrutura, benefícios e sucesso a longo prazo do seu negócio online.

Você pode, por exemplo, se concentrar em uma única linha de produtos ou então, expandir em várias linhas, dependendo do seu orçamento e recursos.

Etapa 3: Crie um site de comércio eletrônico

Existem muitas ferramentas online disponíveis que facilitam a configuração de sua loja virtual em poucos minutos e, dessa forma, é possível que você comece a vender seus produtos online instantaneamente.

Devido à disponibilidade de tais ferramentas, o processo de construção de lojas online é tão simples quanto criar uma conta no Facebook. Basta investir.

ilustração de produtos no site para montar loja virtual gratis

Etapa 4: Faça o upload dos seus produtos e comece a vender

Depois que sua loja virtual for configurada, você poderá tirar fotos dos produtos e fazer o upload deles para começar a vender online.

Para melhores resultados, é necessário ter uma estratégia de marketing online adequada para ficar um passo à frente da concorrência.

Portanto, planejar um negócio de e-commerce não é tão difícil quanto implementar e operar ele.

Com uma variedade de recursos e informações à sua disposição, você pode realizar o processo de planejamento a qualquer momento.

É a implementação que leva tempo e esforço. Se você planejou levar seu ponto de venda para um local online, é muito importante decidir antecipadamente algumas coisas, para minimizar as chances de perdas.

Somente se você estiver preparado com as informações e os recursos necessários com antecedência, será capaz de acompanhar as demandas de seus clientes.

Mas, afinal, montar uma loja virtual grátis vale a pena?

Portanto, é possível dizer que a resposta da pergunta “montar uma loja virtual grátis vale a pena?” é não.

Apenas valerá a pena se o seu objetivo for somente ganhar uma renda extra. Para realmente ter lucro com uma loja virtual, é realmente necessário fazer investimentos, por exemplo contratando uma agência de criação de sites mesmo que eles comecem pequenos e vão aumentando ao longo do tempo.

Compartilhe esse post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um Comentário