Manutenção de Sites: Entenda como cuidar do seu site do jeito certo

Manutenção de Sites
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Sumário

A criação e o lançamento são os principais passos para colocar um site no ar. Dessa forma, muitas pessoas acreditam que depois do lançamento é hora de relaxar, afinal, todo o trabalho duro está acabado, certo? Mas, a e manutenção de sites? Não é importante?

É claro que o lançamento dá muito trabalho e demanda bastante tempo. No entanto, se você realmente deseja que seu website tenha sucesso e crescimento, é necessário atualizar e melhorar o site de maneira constante.

Sendo assim, com o objetivo de lhe ajudar nessa etapa de manutenção de sites, este artigo vai mostrar quais são os principais aspectos a se observar depois que o site já está no ar. Não se esqueça de que todos esses pontos são fundamentais para o sucesso do site. Sem esse plano, é fácil sair do curso, desanimar e não conseguir mover o site na direção certa.

Ainda mais se você tiver uma loja virtual, a manutenção de sites é realmente essencial para que ela atinja bons resultados! Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

Por que a manutenção de sites é importante?

Para evitar problemas futuros, a manutenção de sites é essencial. Os serviços de manutenção corretos podem fazer mais do que simplesmente manter seu site funcionando. Eles também podem melhorar a experiência geral em seu site e melhorar o crescimento da sua empresa.

Por exemplo, uma determinada empresa pode adicionar páginas e funcionalidades à medida que cresce no mercado de trabalho. Dessa forma, consegue compartilhar suas novidades e gerenciar de forma cada vez melhor os conteúdos.

A manutenção de sites parece ser um passo fácil de pular se o orçamento estiver apertado. Por que não pagar apenas pela agência de criação de sites e depois deixar o site rodar por conta própria até que ele comece a ter problemas? Não é mais barato resolver os problemas do que impedi-los?

No entanto, as coisas não funcionam dessa forma. Assim como um carro mal cuidado pode levar a reparos extensos e caros, o mesmo acontece com um site negligenciado que leva a correções extensas e dispendiosas, bem como longos períodos de inatividade que custam a você clientes e dinheiro.

Aqui estão apenas algumas das razões pelas quais a manutenção de sites é um aspecto importante de qualquer site de sucesso:

  • A manutenção de sites evita problemas caros;
  • A manutenção de sites pode melhorar a otimização do seu mecanismo de pesquisa;
  • A manutenção de sites mantém seu site atualizado e atraente;
  • A manutenção de sites maximiza o número de visitantes que seu site pode manipular.

Elementos centrais do seu plano de manutenção de sites

Em primeiro lugar, antes de entender como realmente funciona a manutenção de sites, é muito importante que seja criado um documento com o intuito de fazer o controle do gerenciamento do site.

Esse documento não precisa ser incrivelmente chique. Mesmo algo tão simples como um DOC do Google Drive que toda a sua equipe tenha acesso, ou uma grande lista de tarefas no Trello, fará bastante diferença.

Pense nisso como uma lista de tarefas abrangente que ajudará seu site a ter sucesso no futuro. Se você tem uma equipe trabalhando em seu site, isso pode ser uma ótima maneira de dar às pessoas uma ideia da visão de longo prazo e, ao mesmo tempo, ser capaz de dividir isso em tarefas diárias ou semanais acionáveis.

Caso você conte com uma agência de criação de sites, pode pular esse passo. Mas, caso contrário, ele é muito importante!

Como fazer manutenção de site

manutenção de sites

Confira a seguir como é possível fazer a manutenção de sites, por meio de atualizações e gerenciamento.

1. Limpar todas as tarefas de pós-lançamento

Lançar um site pode exigir muita energia e esforço. No entanto, uma vez terminado o período de felicidade e alívio, é hora de voltar ao trabalho. Como os lançamentos de sites geralmente são muito estressantes, é provável que alguns erros cruciais em seu site tenham passado em branco.

Dessa forma, é importante corrigi-los o mais rápido possível. A seguir você vai conferir quais são os principais erros que podem ter passados despercebidos. É claro que em um mundo ideal todas essas etapas já teriam sido concluídas antes do lançamento, mas não há nenhum problema se algo ficou para atrás.

O que realmente importa é fazer as mudanças o mais rápido possível.

Verifique a velocidade do site

Ter um site que carregue rápido melhorará a experiência geral do seu usuário e o ajudará a ter uma classificação mais alta nos mecanismos de pesquisa. Para começar, use uma ferramenta como o GTMetrix ou o Google Pagespeed Insights para ver o desempenho atual de seu site.

Verifique se você tem uma programação que inclua verificações regulares para garantir que seu desempenho não esteja diminuindo com o tempo.

Verifique todas as imagens

Às vezes, as imagens podem estar no tamanho errado ou é possível que existam algumas imagens duplicadas. Faça uma pesquisa no site para garantir que todas as imagens estão corretas.

Para aumentar ainda mais a velocidade do site, é possível usar uma ferramenta como o TinyPNG para compactar suas imagens antes de carregá-las.

Faça uma revisão do conteúdo

Se você lançou seu site com pressa, seu conteúdo ainda pode conter erros que afetarão seus visitantes. Algumas coisas básicas para analisar incluem a verificação de todo o seu conteúdo em relação a erros de ortografia e palavras usadas incorretamente, garantindo que o conteúdo seja otimizado adequadamente para os mecanismos de pesquisa.

Aqui já é possível perceber o quão útil pode ser contar com uma agência de criação de sites. Afinal, são muitos detalhes para prestar atenção, não é mesmo?

Verificação de responsividade

Você sabe como é o seu site em vários dispositivos? É difícil determinar o tamanho da tela que seus visitantes usarão para acessar seu site. Por esse motivo, ele precisa ser exibido e executado corretamente em vários tamanhos de tela.

Se você tiver vários dispositivos no escritório, abra o site em cada um deles e passe algum tempo navegando para ver como ele funciona.

Preencha os formulários e as inscrições

É provável que tenha vários caminhos de engajamento em seu site. Isso inclui elementos como formulários de inscrição por e-mail, formulários de contato, botões, links de navegação e qualquer outra coisa que exija a interação do visitante para funcionar. Entre em cada um deles para ver se tudo está funcionando.

Além disso, certifique-se de verificar se o seu site possui links quebrados, que levam para uma página com “Erro 404”. Reserve um tempo para clicar em todos os links ativos em seu site ou utilize ferramentas como o Semrush para verificar isso automaticamente.

Crie e envie seu sitemap XML

Seu sitemap XML ajuda os rastreadores do Google a determinar com mais facilidade a estrutura do seu website. Este arquivo listará todas as URLs relevantes que você deseja classificar no Google. Este é um aspecto crucial da manutenção e melhoria do SEO no site.

2. Manutenção de Sites: Segurança

manutenção de sites

Sem um plano de manutenção de sites adequado e um cronograma, há um risco maior de que o seu site fique inseguro e vulnerável a ataque de hackers. Nenhuma dessas situações é fácil de lidar, no entanto elas podem ser facilmente evitadas através dos passos abaixo:

Protocolos comuns de manutenção

Para evitar dores de cabeça desnecessárias, mantenha-se informado sobre os procedimentos de manutenção e mantenha-se fiel a um protocolo regular de manutenção do site.

Backups regulares de sites

O backup do seu site é algo que deve ser feito regularmente, de preferência de forma diária, especialmente para quem atualiza o site com frequência. Se o servidor falhar por algum motivo, ou se o seu site for invadido, ou até mesmo você cometer algum erro grave, suas atualizações poderão desaparecer.

Por isso, é necessário garantir que os backups do seu site estejam funcionando. Toda semana, verifique os backups do seu site para garantir que eles estejam ocorrendo no prazo, estejam sendo armazenados com segurança fora do servidor de hospedagem e, ocasionalmente, verifique se esses backups funcionam.

É válido ressaltar que a frequência de seus backups dependerá da frequência com que você atualiza seu site. Ao executar um backup de site, certifique-se de armazená-lo em um local seguro.

Garantir que temas e plugins estejam atualizados

Se o seu site tiver sido desenvolvido na plataforma WordPress ou em um CMS semelhante, ele ficará vulnerável no momento em que não estiver atualizado.

Quando o WordPress lança uma nova versão, é uma obrigação atualizar seu site. Não fazer isso lhe deixará vulnerável. As atualizações de plug-ins devem ser tratadas da mesma maneira – todas as atualizações de software são uma forma de proteção. Muitas vezes, bastam alguns minutos para atualizar seus temas e plugins.

Executar uma varredura de banco de dados

Seu banco de dados é semelhante à sua biblioteca. Com o tempo, torna-se lotado e desorganizado. Se o seu site for executado no WordPress, recomendamos usar um plug-in como o WP-Optimize .

Faça testes de rotina no site

É importante monitorar consistentemente os dados do website, verificando o desempenho, a velocidade de carregamento e os números de tráfego do seu site. As Ferramentas do Google para webmasters podem fornecer todos os tipos de dados valiosos e informações sobre o desempenho do seu site.

Senhas complexas

Quanto mais complexas forem as suas senhas, mais difíceis serão de adivinhar. Você também deve considerar ter uma política na qual as suas senhas sejam protegidas por tokens.

Considere um firewall

Os firewalls elevarão sua segurança. Eles agem como uma barreira adicional para impedir que seu site seja invadido por hackers e outras coisas ruins.

Proteja seus diretórios administrativos

O administrador e as áreas de login do seu site são especialmente vulneráveis. Você pode protegê-los através do firewall acima e também instalando plug-ins que limitam o número de tentativas de login permitidas.

Mantenha-se o software do seu site atualizado

A maioria dos sites é construída em um sistema de gerenciamento de conteúdo, o que significa que é um software que pode ser potencialmente explorado. Usamos o WordPress por vários motivos, mas um deles é que ele é constantemente atualizado, aprimorado e tornado mais seguro.

3. Manutenção de Sites: Criar e executar estratégias de marketing integradas ao site

manutenção de sites

Para que o seu site seja bem-sucedido, você precisará, de alguma forma, aumentar o tráfego e os clientes. Seu lançamento pode ter causado um grande impacto, mas o que fazer então para sustentar esse momento?

Felizmente, existem vários métodos de marketing online para isso. Não abordaremos cada um deles detalhadamente, mas daremos uma visão geral dos canais nos quais você pode concentrar seus esforços.

Ao escolher qual método de marketing é melhor para sua empresa, é importante começar com a pergunta central: onde fica meu público? Ao responder isso, você poderá criar um plano sobre como melhor alcançá-los usando os métodos abaixo:

Mídia social

As mídias sociais podem ser fortemente integradas ao seu site e serem utilizadas para criar uma comunidade de seguidores ativos e dispostos tanto a compartilhar o seu conteúdo, quanto a comprar de você. Os conteúdos publicados no eu site e postados nas redes sociais também podem ajudar a construir a autoridade da sua marca, o que consequentemente irá aumentar as suas conversões em vendas.

Marketing de conteúdo

Essencialmente, o marketing de conteúdo fornece valor a seus leitores por meio de conteúdos relevantes. Isso geralmente é feito na forma de blogs, eBooks, relatórios especiais, artigos, infográficos, entre outros.

Isso não é estritamente um problema de manutenção técnica do site, mas achamos que é muito importante mantê-lo atualizado em relação aos seus conteúdos. Um blog regular ou cronograma de publicação que fornece conteúdo relevante irá manter seus visitantes retornando felizes e engajados.

Os motores de busca vão gostar muito de você também. Sendo assim, publique conteúdo relevante e publique-o frequentemente.

E-mail marketing

E-mail marketing é o método de coletar endereços de e-mail de visitantes do seu site, para que você possa fornecer valor e convertê-los em leads e clientes. Isso geralmente é usado simultaneamente com o marketing de conteúdo e outros métodos de marketing. É necessário ficar esperto e observar se o site está captando corretamente os emails e dados dos visitantes, para que a partir disso as campanhas de email marketing funcionem corretamente e surtam bons resultados. Um boa manutenção de sites pode ajudar bastante nesse ponto.

Search Engine Optimization (SEO)

Em geral, o SEO ajudará seu site a ranquear mais alto nos motores de busca para os termos relacionados ao seu negócio. Para que o site fique sempre bem posicionado no Google, é necessário realizar manutenções constantes nele, afim de aprimorá-lo cada vez mais de acordo com o algoritmo de busca. Uma consultoria SEO é o serviço indicado para alcançar os resultados expressivos, nesse caso pode contar com a GSP Sites.

4. Manutenção de Sites: Otimização das páginas

Talvez você ache que não tenha tráfego suficiente para começar a otimizar seu site imediatamente. Mas, a otimização adequada dos elementos das páginas é crucial se quiser um site que proporcione o crescimento do seu negócio.

Certo, mas quais elementos das páginas eu preciso otimizar?

Idealmente, seria bom testar todos os elementos do seu site (ao longo do tempo), da cor do seu link até o tamanho da sua fonte. No entanto, recomendamos começar com as quatro áreas abaixo, pois elas terão o maior impacto nos seus resultados:

  • Os títulos das páginas;
  • O CTA das páginas;
  • O design;
  • As prova sociais exibidas.

Ferramentas para testar o que precisa ser otimizado nas páginas

Quando se trata de otimização dos elementos das páginas, há uma série de ferramentas gratuitas e pagas que ajudarão muito. Para começar, você pode usar a função Experimentos de Conteúdo do Google Analytics.

Esta é uma ferramenta gratuita do Google que permite fazer experiências de conteúdo, para que seja possível otimizar seu site aprimorando pequenos elementos. Os dados coletados desses experimentos permitirão que você tome melhores decisões de design.

Noções básicas de manutenção de sites

Ser dono de um site vem junto com certas responsabilidades. Você não pode simplesmente construir e esquecer. Bem, você pode, mas como vimos até aqui a manutenção regular do site é uma necessidade, se você quiser que seu site seja bem sucedido.

A manutenção regular pode:

  • Manter seu site seguro. Os sites são invadidos e os sites invadidos perdem visitantes e tráfego;
  • Evitar que você perca tudo, mantendo um agendamento de backup regular;
  • Evitar usuários descontentes porque algo não funciona ou você forneceu um link quebrado ou corrompido;
  • Manter os visitantes regulares felizes, dando-lhes informações atualizadas e novidades empolgantes.

Por fim, abaixo está uma lista de tarefas semanais, mensais e anuais que formam uma estratégia sólida e completa de manutenção de sites. Use esta lista como um guia para não se esquecer de nada! Ela vai resumir todo o conteúdo.

Tarefas de manutenção do site semanal

  1. Verifique os backups do site;
  2. Verifique se há links quebrados e páginas;
  3. Atualize pelo menos uma parte do conteúdo.

Tarefas de manutenção de site mensais e trimestrais

  1. Agilize os tempos de carregamento das páginas.

Se quiser melhorar o sucesso do seu website, verifique o tempo de carregamento das suas páginas e melhore se for o caso.

  1. Verifique a compatibilidade do navegador.

O design do seu site deve aparecer corretamente em todos os principais navegadores da web. Ao verificar sua compatibilidade com o navegador regularmente, você pode detectar qualquer problema de exibição antes de perder negócios.

Tarefas Anuais de Manutenção do Site

  1. Revise sua estratégia na web.

Com o passar do tempo, sua empresa crescerá e evoluirá. Sua mensagem pode mudar. Seu público-alvo pode mudar. O número de visitantes que você precisa acomodar pode mudar. Manter-se atualizado com essas mudanças significa revisar regularmente sua estratégia na web e implementar quaisquer alterações necessárias.

  1. Atualize o web design

As tendências de web design mudam rapidamente. Por exemplo, em um único ano, o design responsivo para dispositivos móveis passou de opcional a necessário para a maioria dos sites. Ajustando (ou atualizando) seu design todos os anos, você pode incorporar novas tendências importantes, dimensionar seu design para alterações no tráfego do site e manter seu site lindão.

  1. Avalie seu site para obter consistência.

Com o tempo, seu site pode perder um pouco de consistência. Novos conteúdos podem não coincidir com os antigos. Novas fontes podem não ser implementadas em todo o site. Novos gráficos de design em uma página podem não se misturar de forma hamônica com gráficos em outras páginas. Enfim, Uma revisão anual do seu site pode ajudá-lo a manter a aparência do site consistente de forma geral.

Quanto custa a manutenção de sites?

manutenção de sites

A manutenção do site custará algo em torno de R$100 a R$150 por mês, dependendo muito do que você precisar e de qual o tamanho de seu site.

A menos que você deixe de lado o seu negócio para tentar fazer essa manutenção, você precisará contratar uma empresa de web design para ajudá-lo a manter seu site funcionando sem problemas.

Além disso, pode haver outras despesas, como o backup do site, a manutenção do nome de domínio e assim por diante.

No entanto, o custo de manutenção do seu site será muito menor a longo prazo do que corrigir os problemas que possam surgir. Por exemplo, os serviços de uma empresa de web design podem custar-lhe uma taxa mensal, mas o suporte deles pode economizar dezenas de milhares de reais em taxas e perdas de negócios se o site travar ou quebrar.

Sendo assim, conforme visto ao longo do artigo, há várias coisas para serem feitas na manutenção de sites. Por isso, é muito melhor contratar uma agência de criação de sites para fazer esse trabalho com qualidade!

Compartilhe esse post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um Comentário