5 Dicas para começar a vender como afiliado

vender como afiliado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Sumário

Se você faz algum tipo de negócio online, ou pensa em trabalhar no meio digital, já deve ter entendido que não é necessário ter um produto físico para fazer negócio você pode vender como afiliado.

E pode ser que ainda não saiba como iniciar ou até como fazer a sua primeira venda.

O início é realmente algo pouco entendido, mas vamos tornar a sua jornada mais fácil.

E para isso precisamos saber…

Você sabe o que é um Afiliado?

Afiliado é aquela pessoa que divulga um produto de outra empresa ou produtor, em troca de comissões.

Essas comissões são recebidas a cada venda finalizada.

É o famoso ganha ganha, o produtor tem seu produto divulgado por terceiros, e o afiliado recebe dinheiro divulgando produtos de terceiros.

E como eu faço para me tornar um afiliado?

1. Encontre seu nicho

Antes de qualquer coisa, você deve escolher qual o nicho de produtos você irá trabalhar, para depois escolher os produtos que irá vender.

Sempre que decidir o nicho, escolha no mínimo 3 produtos, para ter um bom retorno.

Sempre ter em mente que o retorno financeiro para o início do trabalho como afiliado não é de um mês para o outro.

Leva um tempo até que receba um retorno esperado.  

Use a ferramentar Ubbersugest para procurar palavras chaves que tenha uma boa procura mensal, uma concorrência mais baixa e um custo de divulgação não tão elevado.

2. Encontre uma página de vendas

Quando for escolher os produtos, procure a página de vendas do produto.

Veja se ela é intuitiva, explica bem o produto e leva para a conversão, se tem um botão para o “Call to Action” (chamada para ação) e se tem depoimentos de usuários indicando o produto.

3. Verifique se o produtor disponibiliza materiais de divulgação

Verifique se o produtor libera materiais de divulgação.

Materiais como por exemplo banners para facebook, a persona ideal do negócio, frases de impacto (copys), imagens e imagens da marca.

Todos esses insumos irão te poupar um bom tempo de trabalho.

4. O produtor oferece suporte aos clientes?

Pesquise se o produto/serviço, possui um bom suporte para seus clientes.

De nada vale um produto ótimo, se quando algum problema acontece, os clientes não conseguem resolvê-lo.

A chance do seu cliente desistir de um produto que possui suporte, para dúvidas ou problemas no processo de compra, é baixa, pois ele terá um auxílio para resolver.

Crie sua loja virtual otimizada

Escolha uma agência de criação de sites que te entregue uma loja virtual otimizada para você rankear mais rapidamente no Google, fazendo seus custos diminuires e seu faturamento aumentar.

Você pode contar com a GSP Sites para criar sua loja e começar a faturar.

Comece a divulgação!

Depois de escolher o produto, você irá escolher como irá começar a fazer a divulgação, dispersar seus conteúdos.

Nesse momento você têm duas opções, o tráfego pago, ou o tráfego orgânico.

Vamos explicar um pouquinho dos dois para você.

No tráfego pago, você utiliza plataformas ou landing pages e leva os clientes para sua oferta, neste caso, duas opções se destacam, Google Ads e o Facebook Ads.

O tráfego pago serve como um otimizador de tempo e de alcançe, então se você quer que os resultados cheguem de forma mais rápida, ele é uma ótima opção.

Já o tráfego orgânico, é aquele que a partir da produção de conteúdo, chama pessoas a visitarem suas redes e páginas de maneira natural.

Ele leva um pouco mais de tempo para ser indexado pelo Google.

Uma boa estratégia de marketing digital envolve essas duas vertentes, já que uma auxilia a outra.

É importante entender que o tráfego orgânico é otimizado se sua estratégia envolve as redes sociais também.

É com as pessoas que já são seu público, e chamando elas para as páginas que você pretende oferecer ofertas e conteúdos, que o engajamento melhora.

Por isso é importante a escolha certa de qual nicho você vai trabalhar, sempre lembrar de escolher um que se encaixe às demandas do seu público.

5. Tenha copys boas

Uma coisa muito importante é que independente do canal, ou maneira que você escolha fazer a divulgação, as copys tem que ser boas e eficazes.

O que você escrever, e colocar nessas copys é o que vai chamar atenção e fazer o seu possível cliente a ir para a página de vendas.

Para isso vale muito estudo sobre o produto e sobre seu público, para aí sim montar um anúncio bacana, entende?

Para montar seus anúncios e copys é interessante:

Fazer pesquisas de termos relacionados ao produto e veja como são os anúncios que aparecem;

Procure páginas relacionados ao produto escolhido e depois veja os anúncios que te seguirão;

Procure alguns sites de produtos relacionados, faça pesquisas sobre eles.

Tudo isso, não é nada mais do que um estudo de mercado, estudo sobre os produtos que escolheu para divulgar, e saber como atingir o público de forma eficaz.

Não tenha em mente, que trabalhar como afiliado é somente escolher um produto qualquer e sair oferecendo, ou até mesmo que não vai precisar trabalhar. 

A ideia é totalmente o oposto, trabalhar como afiliado é um trabalho como qualquer outro, e deve ter muito empenho e estudo, para que você consiga colher os frutos futuramente.

Agora com todas essas dicas e informações, você já está pronto para começar a trabalhar com esse mercado. Conte com a GSP Sites para montar sua loja virtual otimizada e começa a vender agora mesmo.

Compartilhe esse post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um Comentário